domingo, fevereiro 04, 2007

Rezo dentro de ti lugar sem portas
abrigo onde todos nos perdemos
humanos de lutar perecemos - águas mortas
neste infinito de ficar

Rezo dentro de ti lugar sem tempo
abrigo onde todos somos nada
e tudo é efémero e separado
o passado é o passado e
o futuro é este lugar
onde rezo a teu lado irmão sem tempo

irmão reencontrado


CARLOS CARRANCA
LOUSA, 10.12.2006

1 Comments:

Blogger César Augusto said...

Um abraço à um grande homem!
=P

12:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home