quarta-feira, maio 13, 2009

ALMA


clique na foto para ler o poema

4 Comments:

Blogger Bruno Gonçalves Bernardes said...

A alma, esse ventre criador. Muito obrigado por este poema!

3:34 da tarde  
Blogger Balbino said...

A verdadeira religiao esta dentro de nos, nao precisamos das instituicoes para nos afirmarmos. Quanto mais sozinhos caminhamos, mais verdadeiros somos. Sem codigos, mascaras ou mensagens - transparentes.

3:51 da tarde  
Blogger Mário Martins said...

Apenas a contextualização: o poema foi publicado na edição de Maio da revista "Mensageiro de Santo António".
Aqui: http://www.mensageirosantoantonio.com/messaggero/home.asp

3:08 da manhã  
Blogger Teresa Raquel said...

A alma! Eu não perco a minha nem por nada deste mundo! Um dos engrandecedores da minha é com toda a certeza o poeta Carranca. Obrigada pela força! E um grande Bem Haja!

3:46 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home